• conecte-se:

Parnaíba-PI

24º 35º

Nublado

Atualizado dia 15/12/2017. Fonte: INPE

Notícias

Dólar: R$

última atualização: 01/01/1970

Boa tarde! Hoje é Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

A Controladoria realiza o acompanhamento e monitoramento dessa obra desde o dia 30 de agosto deste ano.

CGE acompanha contrato para início da construção de nova maternidade de Teresina

A Controladoria realiza o acompanhamento e monitoramento dessa obra desde o dia 30 de agosto deste ano, realizando os chamados pontos de controle juntamente com a Sesapi para que a obra seja entregue à população dentro do prazo estabelecido no cronograma.

Publicado Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2017

Auditores da Controladoria-Geral do Estado do Piauí (CGE) e representantes da Secretaria de Saúde (Sesapi) e da empresa responsável pela construção da nova maternidade de Teresina estiveram reunidos no início da tarde desta quarta-feira (6). 

A Controladoria realiza o acompanhamento e monitoramento dessa obra desde o dia 30 de agosto deste ano, realizando os chamados pontos de controle juntamente com a Sesapi para que a obra seja entregue à população dentro do prazo estabelecido no cronograma.

A obra de construção da nova maternidade de Teresina está orçada em aproximadamente R$ 83 milhões e deve ser construída na avenida Presidente Kennedy, na zona Leste de Teresina.

De acordo com Marcos Gonçalves , diretor de Infraestrutura da Secretaria de Saúde responsável pela parte de obras na Sesapi, o projeto já foi licitado por meio do Regime Diferenciado de Contratações Públicas (RDC), cujo contrato de repasse será feito via Caixa Econômica Federal. 

“A CGE já faz esse ponto de controle com a Sesapi para que o projeto seja entregue de acordo com o que a Caixa Econômica Federal exige. O projeto de construção da maternidade já foi licitado, está em fase de elaboração de peças arquitetônicas, adequação de projetos e soluções de pendências elencadas pela Caixa para que a obra seja realmente iniciada”, explicou.

“Antes de começar a obra, todos os projetos devem ser analisados e aprovados pelos órgãos de controle, de acompanhamento e legalização como Vigilância Sanitária, Prefeitura e Meio Ambiente”, acrescentou.

O auditor Gilberto Gomes disse que a reunião de hoje foi o quarto ponto de controle da obra realizado e destacou a importância desse monitoramento contínuo. 

“A grande importância desse monitoramento é gerenciar os possíveis riscos que possam impactar negativamente o desenvolvimento do empreendimento de forma que a obra seja realizada dentro do custo estabelecido, de acordo com prazo fixado no cronograma e que tenha qualidade na sua execução. Esse é o grande objetivo da Controladoria, fazendo um apoio à Sesapi para que possamos, de acordo com esse monitoramento, agregar valor à gestão e, sobretudo, disponibilizar o mais breve possível para a sociedade usufruir desse importante equipamento público”, ressalta.

O gerente de Controle de Obras da CGE, Paulo Henrique Melo Portela também participou da reunião de hoje.

Obra estratégica

O controlador-geral do Estado, Nuno Bernardes, ressalta que a construção da nova maternidade de Teresina é uma das obras estratégicas para o Estado do Piauí.

“A Controladoria a incluiu como importante dentre o rol de obras e está acompanhando com o objetivo de estar sempre atuando preventivamente para que a obra seja executada dentro do valor e prazos pactuados para que o beneficiário principal desta ação pública, que é a sociedade, tenha logo esta importante obra entregue o quanto antes”, destacou.

Fonte: Governo do Estado

Leia também

Comentários

Publicidade

Últimas do Litoral

Facebook

Publicidade